COMO ATRAIR CLIENTES E TORNÁ-LOS MAIS FIÉIS

O ano de 2020 e tudo o que aconteceu globalmente modificou o comportamento do consumidor de forma decisiva. Não é novidade que todo tipo de atividade on-line cresceu. Inclusive a compra de produtos.

Em uma recente pesquisa encomendada pelo Google, os resultados mostraram que o consumidor está cada vez mais consumindo por e-commerce e marketplaces. Você está preparado para oferecer seu produto desta forma? 

  • 19% dos consumidores brasileiros fizeram sua primeira compra online em 2020? Estamos diante de uma oportunidade única para conquistar novos clientes, sobretudo se considerarmos que o comércio eletrônico representará quase metade (43%) do crescimento total das vendas do varejo na América Latina até 2025.
    (Fonte: https://bit.ly/3HlzzPj)

Ao fazer suas compras on-line, os consumidores se sentem empoderados por fazerem suas próprias escolhas, e sofrem menos ansiedade.

E outro dado muito interessante: é mais provável que os consumidores se sintam frustrados pela falta de opções de um produto do que oprimidos por terem opções demais.

O cenário mostra que os consumidores já estão propensos a comprar on-line e grande parte fará, de fato, suas compras dessa forma. Mas como fazer o consumidor escolher a minha marca e não a do concorrente, nessa variedade de opções oferecidas?

A estratégia vencedora nesse cenário é aquela que busca alcançar a fidelidade do consumidor. E qual é o segredo para conseguir isso? O estudo do Google verificou que oferecer a possibilidade de comprar online gera mais fidelização que poder fazê-lo apenas na loja física.

Mas algumas ações são necessárias para que o consumidor se sinta único. Você pode, por exemplo:

• enviar pequenos presentes ou bilhetes;
• agradecer pela compra;
• dar a possibilidade de personalizar produtos;
• receber recomendações baseadas em compras anteriores.

Como podemos perceber, as ações on-line não podem e não devem ser automáticas e robotizadas e sim humanizadas e próximas. Mesmo em um mundo cada vez mais digital, o fator humano ainda é, e vai continuar sendo primordial para estabelecer relações.

E agora trago um ponto para reflexão. Você vende produtos físicos? Já tem uma loja on-line? Já pensou que não possuir um e-commerce lhe faz perder inúmeras oportunidades de venda? 

É a hora de você criar sua loja on-line. A Conteúdo Ativo cria seu site e também e-commerce, para que você possa alcançar mais clientes e torná-los fiéis consumidores da sua marca.

Clique aqui e saiba mais. 

Até a próxima
Ricardo Reis

Como colocar Link nos Stories do Instagram

Chegou o tão esperado momento para quem utiliza o Instagram como sua ferramenta de trabalho. O Instagram está liberando aos poucos para todas as contas o LINK NOS STORIES. Sim, o famoso “arrasta para cima” que era tão almejado pelas contas, foi substituído por uma figurinha de LINK e está aos poucos sendo liberado a todas as contas independente do seu número de seguidores.

Anteriormente o “arrasta para cima” era restrito ao usuários que:

  • Fossem uma conta comercial;
  • Tivessem 10 mil seguidores;
  • Ou fossem conta verificada.

Com essa mudança o Instagram busca “mudar a experiência de criação de Stories” fazendo com que os usuários fiquem mais dentro da rede.

O QUE A CONTEÚDO ATIVO ACHA DESSA MUDANÇA

Popularizar o link nos stories é uma forma de incentivar cada vez mais os usuários a trazerem seus negócios para dentro do Instagram. Muitas vezes as restrições das funcionalidades e a demanda de estratégias e investimentos para ter acesso a recursos importantes para quem é um empreendedor, blogueiro, entre outros, dentro da rede, acabavam por desanimar e desmotivar.

Com essa mudança acredito que mais pessoas ficaram motivadas e verão resultados diferentes dentro da rede.

Claro que usar a ferramenta com estratégia e da forma correta, faz toda a diferença e ainda é essencial para ter resultados, porém é um incentivo a mais.

COMO COLOCAR O LINK NOS STORIES

1) Abra o aplicativo e faça um stories normalmente.

E clique no ícone de STIKERS.

2) Selecione o ICONE DE LINK e clique.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

3) Após preencha com o link que deseja direcionar e clique em concluir.

4) O link já irá aparecer no seu stories, você pode personalizar o tamanho e cor dele clicando em cima.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Caso o seu aplicativo ainda não apareça essa função, calma! A promessa é que seja liberado a todos os perfis gradativamente.

Então bora usar o link nos stories com estratégia?
Monte um bom plano de ação para a sua empresa e inclua stories criativos e com links que te ajudem a atingir seus objetivos.

Até a próxima!

TikTok é só dancinha e adolescente! Será?

Bom, vamos começar esclarecendo que não há problema nenhum com dancinha ou adolescentes. Mas, marcas e pessoas podem achar que esse é o foco da plataforma e por não terem esse interesse, acabam por se afastar e perdem a oportunidade de conhecer melhor um dos maiores fenômenos dos últimos dois anos.

É verdade que os Centennials (pessoas nascidas entre 1995 e 2010) foram os responsáveis por popularizar o TikTok. Porém, desde 2019 a abrangência de público que a plataforma atinge é enorme, não se limitando apenas a adolescentes e jovens adultos, o que demonstra o enorme potencial como recurso de marketing para marcas das mais diversas.

Veja esses números relativos ao aumento de público no Brasil:

  • Crescimento de 35% entre os adolescentes e jovens adultos;
  • Crescimento de 24% entre adultos de 35 a 55 anos;
  • Crescimento de 14% entre pessoas com mais de 55 anos de idade.

O brasileiro passa muito tempo conectado e tem o costume de consumir vídeos curtos com muita frequência. Por isso, o grande sucesso da plataforma de mídia aqui no país. Mas outro detalhe importante ajuda no sucesso do TikTok: a criatividade do brasileiro.

Segundo Rodrigo Barbosa, gerente de comunidade do TikTok, “todas as idades estão aderindo e inspirando outras pessoas por meio de suas experiências com o aplicativo. Temos uma estratégia local forte, na qual incentivamos os usuários a criar conteúdo para sua cultura e tendências regionais”. Essa criação de conteúdo, com uma pegada local, viraliza. O alto índice de compartilhamento de vídeos do TikTok em outras redes sociais prova isso. Sejam vídeos com conteúdo sobre esportes, música, beleza, culinária ou até notícias, o conteúdo curto impacta o público e incentiva que cada usuário se torne também um criador.

E qual o potencial que isso pode trazer para as marcas? São inúmeros. Primeiro temos que ter em mente que as marcas devem estar em contato com o público. Se as pessoas estão no TikTok, é lá que as marcas devem estar também. Mas, assim como já aconteceu com outras redes sociais em um passado recente, não basta entrar no TikTok tentando impor um jeito de comunicar ou querendo fazer venda a todo custo. É preciso entender a forma como a plataforma funciona e se adaptar. Não é de hoje que as marcas precisam fazer esse esforço de flexibilidade, para poder se adequar aos novos tempos, que mudam tão rapidamente.

Rodrigo Barbosa reforça que “o maior diferencial (do TikTok) é que a criatividade é a verdadeira e única chave para ter sucesso no aplicativo.” Por isso, você que tem uma marca e quer abrir novas possibilidades, precisa estar preparado para entrar na rede com esse objetivo. O Guaraná Antarctica, por exemplo, lançou a campanha #CoisaNossa, onde convidou os usuários a criarem vídeos, com a presença da marca no cenário ou com o produto sendo consumido. Desta forma, os vídeos ficaram autênticos, criativos e com uma personalidade única. Já ouvi pessoas dizendo que não queriam estar presente na rede por achar que lá só se faz dancinha e não tem nada a ver com a sua marca. Talvez realmente não tenha a ver com a imagem de sua marca, e está tudo bem. Mas não dá para limitar a sua visão, achando que é só isso que se produz por lá. 

Uma dica que sempre damos aqui no Conteúdo Ativo é: você não precisa estar em todas as redes sociais. Mas naquelas que você estiver, é preciso criar o conteúdo adequado. Só assim você vai se conectar com o público e não vai parecer deslocado ou tentando “forçar uma barra” só para estar na rede da moda. Avalie sempre o quanto sua presença em uma rede social é estratégico e busque a forma correta de se expressar nela. Hoje, mais do que nunca, o público sabe muito bem diferenciar quem é autêntico e quem não é.

E agora quero saber. Sua marca está no TikTok? Manda o link para eu conhecer.

Até a próxima.
Ricardo Reis

programe postagens no Instagram de Graça

Quem aqui já lembrou no final do dia que tinha que ter feito uma postagem no Instagram e não fez? Eu jáááá … E a sensação não é boa não, pois nossos posts tem time dentro de um planejamento. E, se é um post comemorativo então, a coisa fica pior.

Mas não é apenas pelo esquecimento de uma postagem que a programação de posts dentro do Instagram é positiva e sim por que ela te ajuda:

 

  • Ter mais organização: Quando trabalhamos com digital as tarefas são inúmeras e manter um planejamento das nossas postagens de uns 15 à 30 dias, deixando essas ações já prontas e programadas facilita no nosso dia a dia como empreendedor. E também, às vezes, podem acontecer imprevistos da vida, e quando estamos com tudo programado nossas redes sociais não ficam paradas.
  • Mais tempo: Programação e organização faz com que você tenha mais tempo, e esse tempo pode ser aplicado da melhor forma pra você, seja com uma tarefa focada na empresa ou um dia de folga. O importante é não ficar com aquela sensação de que você está sempre devendo algo.
  • Mudança no Plano de Ação: Esse é um ponto que normalmente o empreendedor não foca muito, muitas vezes iremos ter que mudar nosso plano de ação. E quando está tudo organizado e programado nós conseguimos fazer mudanças mais rápidas. Sem deixar dias no nosso planejamento sem comunicação.

E nós conseguimos fazer essa programação de GRAÇA utilizando a ferramenta FACEBOOK CREATOR STUDIO

Segue um passo a passo com telas para você aprender a fazer. Mas se preferir temos um vídeo tutorial também.

1º Entre no site: https://business.facebook.com/creatorstudio/home?mode=facebook&collection_id=all_pages 

2º Faça login com o seu Instagram

 

 

 

 


3º Vai abrir uma página de LOGIN e você preenche com os dados do seu Instagram.

IMPORTANTE: Como esse é um site do próprio Facebook é super seguro colocar os seus dados aqui.

4º Após o login irá abrir o painel do Facebook Creator e você irá clicar em CREATE POST

5º Quando você clicar em CREATE POST irá aparecer duas opções: FEED e IGTV .
Escolha a que você quer fazer a publicação. Aqui no nosso tutorial vou escolher FEED.

6º Após escolher FEED ou IGTV irá aparecer as opções para preencher.

  • Com o descritivo 
  • Com a localização ( opcional ) 

Como podemos ver no print abaixo.

7º Próximo passo é escolher uma imagem para a sua postagem.

8º Você pode marcar pessoas no seu post, no icone de pessoa que aparece logo abaixo da imagem que você subiu.

  • Publish Now – É para quando você quer publicar na mesma hora
  • Schedule – É para quando você quer programar para outro dia
    Após seguir esses passos você pode clicar em AGENDAR / SCHEDULE e é só sucesso!
    Assim você não vai ficar preocupado com as publicações que precisa fazer no dia.Se você quer aprender a fazer essa programação também no Facebook ou quer ver com mais detalhes, não esqueça de ir no nosso vídeo lá no Youtube.

    CLIQUE AQUI PARA VER O TUTORIAL

Até a próxima dica!

Mari Gonçalves

A IMPORTÂNCIA DA COBERTURA DE EVENTOS

As atividades com presença de público estão voltando aos poucos. Eventos presenciais são uma realidade, cada dia mais frequente e muitas possibilidades surgem.

Abrindo o segundo semestre desse ano tivemos a 35ª Feira UGART, um evento tradicional que reúne em dois dias, os profissionais e empresas do ramo turístico para palestras, capacitações e geração de negócios. A feira seguiu todos os protocolos sanitários exigidos e foi um sucesso de público e resultado.

A Conteúdo Ativo realizou pelo quinto ano a cobertura fotográfica e em vídeo do evento. E você pode conferir como foi, no vídeo abaixo.

Toda a organização e a participação dos expositores foi muito importante para o sucesso do evento. Porém, destaco outro aspecto que não pode ser esquecido em um evento desse porte.

Registrar todos os momentos de um grande evento, é essencial por vários motivos:

  • Mostra a grandeza do eventos, o que abre oportunidades comerciais para o futuro;
  • Proporciona credibilidade, junto ao público e expositores;
  • É um material versátil, de comunicação institucional e comercial;
  • Traz visibilidade para a marca;
  • Gera interação com o público pós evento.

Eu poderia ficar enumerando muitas outras vantagens. Mas a verdade é que nenhum grande evento pode ficar sem uma cobertura fotográfica e em vídeo.

Se o seu evento tem um grande número de pessoas e isso atrai mais público ou expositores, considere uma cobertura.

Ao apresentar, após evento, as fotos e vídeos, se ganha em credibilidade. Com depoimentos e entrevistas dos participantes você gera uma prova social positiva para seu evento. A imagem do evento é apresentada de uma forma muito mais profissional.

Uma cobertura pode gerar um vídeo institucional, para trazer um reforço de marca e as imagens do evento podem gerar vídeos comerciais, que vão auxiliar no fechamento de futuros eventos.

Outro detalhe muito importante, é a interação do público após o evento. Sua marca ganha visibilidade por muito mais tempo, pois ainda haverá material para redes sociais, mesmo depois do término do evento.

A cobertura fotográfica é essencial para as mídias digitais, pois as imagens engajam, principalmente quando temos pessoas nas fotos. Um dos presentes no evento se vê em uma foto, e se marca, ou comenta, ou envia para outras pessoas, e assim o engajamento vai aumentando de forma orgânica.

O vídeo tem o mesmo potencial, porém com alcance maior. As redes sociais acabam entregando os vídeos para uma audiência maior. Portanto, se você quer que seu evento fique mais conhecido, invista em vídeo.

A Conteúdo Ativo tem uma equipe de profissionais para cobertura fotográfica, e em vídeo e também para redes sociais em tempo real. Você fica tranquilo, pois que cuidamos de tudo relacionado a imagem de seu evento. Nosso objetivo é auxiliar nossos clientes a alcançarem seus resultados.

Confira o vídeo da cobertura da Feira UGART de 2019.

Quer saber mais? Entre em contato e elaboramos seu projeto de comunicação.

📧 contato@conteudoativo.com.br
📲 (51) 99587-8301 com Mari Gonçalves

 

Até o próximo artigo.

Ricardo Reis

O CHECKLIST DO SUCESSO

Vamos falar de 6 pontos importantes para o seu perfil no Insta.

1️⃣ Coloque um nome que seus clientes achem fácil quando buscarem no Instagram, não use letras duplicadas ou números caso o nome do seu negócio não esteja disponível;

2️⃣ Preencha a descrição do seu perfil com informações importantes como endereço, horário de atendimento e contato;

3️⃣ Coloque o link da sua empresa na descrição para que seus clientes achem fácil o seu site;

4️⃣ Mantenha seus destaques sempre organizados, separe por sessões e nomeie cada uma, isso ajuda o cliente a ir exatamente onde quer com facilidade;

5️⃣ Responda o máximo de comentários possível, interaja com seus clientes e sempre seja muito educada, mesmo em casos complicados;

6️⃣ Não deixe seu feed apenas com produtos, também entregue dicas e novidades do universo que você trabalha.

CRIANDO CONTEÚDO COM CARINHO

Criar conteúdo nas redes sociais não pode ser encarado como uma obrigação e muito menos ser encarado como o salvador do seu faturamento. Quando criamos conteúdo precisamos pensar no nosso PROPÓSITO MAIOR.

Observe como está sendo o retorno nos comentários, eles sempre nos dão uma direção, se estamos no caminho certo. Esse propósito maior faz com que antes de fazer uma sequência de STORIES eu PENSE, PLANEJE e ILUSTRE o conteúdo de uma forma que o objetivo vai ser alcançado. O carinho que colocamos no nosso conteúdo é percebido, e sabemos pelos feedbacks!

As marcas/perfis precisam se comportar como se fosse amigos próximos, criar uma relacionamento que seja prazeroso de acompanhar. Com um engajamento maior até um público que tu nem imaginava pode se interessar pelo teu negócio e passa a ser um admirador do teu trabalho.
Esse relacionamento que se estabelece pelas redes é como uma conversa onde duas pessoas falam e escutam. Então é necessário haver essa resposta, e se pensar o conteúdo de forma a obter uma resposta. 

Muitas vezes eu falo nos vídeos “essa é a forma que eu faço, quem sabe tu se identifica”, porque eu não estou aqui dando lições de vida e sim compartilhando minha experiência e minha bagagem. O que funciona para mim pode funcionar para você, eu talvez você tenha mudado um pouco o que eu falei e deu certo. 

Não é a primeira vez que aqui na Conteúdo Ativo reforçamos que não podemos medir sucesso em rede social por números apenas. Você pode ter milhares de “números” te seguindo, mas eles foram impactados pelo teu conteúdo? Tu fez diferença na vida dessa pessoa? Eu acredito que ao construir um conteúdo sólido, com cuidado e dedicação o que vai se destacar é o impacto de valor que o conteúdo gerou e não tanto as quantidades de curtidas, por exemplo.

Vamos começar a pensar no conteúdo com carinho?
Abaixo listei três tópicos que uso no meu cotidiano e podem servir de inspiração para você.

✔ PENSE – Antes de postar sempre pense: “como vou passar esse conteúdo de forma clara?” Tu pode falar/desenhar/usar fotos/usar vídeos e, pensa: “vai ajudar mesmo minha persona?”
O que acontece é que as vezes algo que é legal para mim pode não ser para minha persona. Quando estamos sempre de olho na persona fica mais fácil não cair só naquilo que é minha zona de conforto. Precisamos nos desafiar a gerar conteúdo mais relevante e não só aquele que me sinto confortável fazendo.

Neste outro artigo eu falo mais sobre persona e como vai nos ajudar a criar o conteúdo.

✔ PLANEJE – Vai usar papel? Vai usar quadro? Precisa de caneta? Deixa tudo que tu precisa perto. Se precisar deixar algo semipronto, faz antes.
O planejamento é um dos pontos mais delicados quando se fala de produção de conteúdo. Sabemos que nosso dia a dia é atribulado e que muitas vezes as coisas para todas contribuir para tu sair do plano inicial. Acontece. E é normal vez ou outra a gente sair do planejado, mas isso faz parte do plano também. Então dedique um tempo para planejar o seu conteúdo, a forma como você vai passar e muito importante, invista tempo e produzir e deixar pronto esse conteúdo. Você ganha tempo no futuro e já contorna os imprevistos.

✔ ILUSTRE – Lembre-se, as pessoas são visuais. Quando desenhamos ou mostramos exemplos, o conteúdo fixa melhor, afinal queremos que nosso seguidor tenha ideias novas e aprenda com a gente.
As redes sociais como o Instagram começaram focadas justamente em compartilhar imagens. Aqui mesmo na Conteúdo Ativo criamos posts só com texto, sim. Mas sempre pensando no aspecto visual como uma forma de agregar valor a mensagem. Os elementos visuais não são apenas estéticos, e sim reforçam a mensagem.

Acredito que seguindo esses 3 passos o teu conteúdo vai ter outra cara e outro engajamento! Te desafio a testar e me dizer qual foi  resultado. Topa?

Um abraço
Mari Gonçalves

5 PASSOS PARA CRIAÇÃO DA PERSONA

Você deve estar pensando: “já estou cansado de ler sobre isso”. Mas esse é o primeiro ponto e que faz toda diferença no teu conteúdo. É importante saber com quem tu está conversando. Vou te explicar como eu crio a nossa persona, porque existe várias formas. Quem sabe tu te identifica com a forma que eu faço?

Um detalhe que não podemos esquecer: a criação da persona é constante, não podemos fazer uma vez e parar, e isso tu vai entender agora. Vamos lá!

Primeiro passo:
Comece pelas perguntas básicas: idade, gênero, escolaridade e profissão

Dê um nome para a tua persona. Aqui na Conteúdo Ativo nós chamamos a nossa persona de Maria. É uma mulher na faixa dos 30 à 40 anos de idade, que já tentou fazer várias ações no digital, ela já tem um pouco de experiência, mas não se adaptou com o digital.

Pense nas dores e as necessidades dela. Pensa se a tua persona já utiliza alguma ferramenta do teu mercado de atuação, se ela acha que o teu mercado ajudou ou não. A nossa persona (Maria), já tem Instagram, mas não sabe muito bem como ele funciona. Já fez alguns cursos, já tentou trabalhos com agência, mas não se adaptou.

O que a tua persona espera? O que ela está esperando com o teu produto, o teu serviço? A Maria espera ter uma relevância no digital, espera criar conteúdo de forma mais fácil, ter resultados com vendas com as redes sociais e que os anúncios dela deem retorno.

Como buscar esses dados? Use a imaginação!
A persona é a pessoa que a gente espera vender, então responde todas essas perguntas usando a tua imaginação e depois tu vai refinar esse arquivo.

Segundo passo:
Pesquisa de entrevista. Escolha uma pessoa para responder algumas questões. Vai preenchendo e refinando aquele teu rascunho. A melhor forma da gente entender o nosso público-alvo é a gente conversar com ele, não tem outra forma.

Terceiro passo:
Pesquisa em formato de formulário

Tu pode encontrar esse modelo no Google Formulário. Monta algumas perguntas e envia esse formulário para grupos de Whatsapp, grupos do Facebook e para alguns contatos que já tem na tua base de clientes. Essa é mais uma forma de refinar o primeiro rascunho.

Quarto passo:
Pesquisa na internet

A internet está cheia de conteúdo, cheia de pessoas com dúvidas e de comentários e nós precisamos usá-la a nosso favor. Então vocês tem:

•enquetes

•testes

•lives

•grupos no Facebook

•solicitações de recomendação dentro do Facebook

Todas essas perguntas que as pessoas fazem na internet ajudam a ficar mais próximo do teu público-alvo.

Está gostando do conteúdo? Você pode também assistir um vídeo com esse assunto, clicando aqui.

Quinto passo:
Essa é uma pesquisa sem fim

Cuidado: não adianta fazer o público-alvo e nunca mais mexer nele. É necessário de vez em quando voltar nessas ações de criação de conteúdo e verão que vai ficando cada vez melhor a conversa com o público-alvo de vocês.

Vai dar trabalho? Vai.

Tem que fazer várias ações? Tem.

Tem que fazer todas as ações juntas? Não.

Começa com uma ação, começa a postar o conteúdo, passa para a segunda, terceira, quarta e vai para quinta. Assim vocês vão encontrar a persona e o resultado desejado.

Bora praticar essas ações. Depois nos conta os resultados!

Mari Gonçalves.

DESCOMPLICANDO CONTEÚDOS SÉRIOS – Live com Gabriela Rech

Na nossa primeira Live conversamos com a Gabriela Rech, corretora de seguros que atua em todos os ramos, especialmente com plano de saúde e seguro de vida. 

Um ponto destacado pela Gabriela, foi que as pessoas não tinham conhecimento sobre seguros e ela viu nisso uma oportunidade de transmitir conhecimento através das redes sociais. Ela soube gerar uma identificação com a sua audiência, explicando a solução para as dores dessas pessoas e não simplesmente vender e, assim foi trilhando seu próprio caminho, com a sua personalidade.

No início usava o Instagram para uso pessoal, mas depois pensou em trazer conteúdos relevantes da sua área, mas não criou outra conta, continuou com o perfil pessoal e, apenas fez uma transição informando que o perfil seria usado para explicar sobre planos de seguros e tudo que diz respeito ao tema. 

Veja alguns pontos destacados na live.

Clientes: têm na sua maioria homens como clientes para seguro de carro, mas nas redes sociais se conecta bem mais com o público feminino, o que aconteceu naturalmente por ser mãe.

Conteúdos: ainda sente um pouco de dificuldade de fazer um planejamento semanal de conteúdos, faz de maneira intuitiva, mas não deixa de lado nenhuma rede, tanto a pessoal como da empresa, o que é essencial. As suas postagens vão além do assunto plano de saúde/seguro de vida, entra na parte de vendas e, observou que havia interação, saindo do básico, inclusive até a concorrência começou a segui-la. Dessa forma, viu que podia ajudar e trazer um pouco da sua experiência para seus seguidores.

Estratégia de vendas: é importante ter uma relação com quem já é seu cliente porque se ele precisar de outros serviços, ele irá lembrar de você. Mantém contato com eles porque essa aproximação é positiva, pois os clientes não gostam de serem lembrados apenas na hora de renovar a apólice, esse contato é positivo porque se ele tiver alguma dúvida em relação ao seguro ou se precisar de ajuda em algum procedimento, terá a quem recorrer. Formar uma rede de apoio também é muito bacana, curtir e compartilhar o post de seus conhecidos, participar das lives, consumir produtos de quem está a sua volta é uma troca muito legal.

Gabriela ressalta a importância das mulheres também pensarem em fazer um seguro de vida e, não apenas homens, pois todos estamos sujeitos de ser acometidos por uma doença  ou outra situação que pode ocorrer, principalmente quem é autônomo. 

Gabriela mantém uma linguagem bem informal, o que gera grande conexão com seus clientes, pois não usa termos técnicos, mas uma forma que todos possam entender. Mas há uma linha tênue entre o informal e o formal, não só na linguagem, mas também na aparência e na forma de agir, em todas essas situações é necessário bom senso.

Devemos continuar trabalhando, entender de que forma pode ajudar mesmo que não esteja vendendo, ou tentar encontrar alguma solução nesse momento, como usar a criatividade, manter contato com os clientes para que posteriormente seja lembrado e assim tudo irá correr bem.

Quer conhecer mais do conteúdo da Gabriela? Segue ela no Instagram @gabrielerech

Assista a live completa em nosso IGTV.

Até a próxima.
Equipe C.A.

ISCA DIGITAL – QUE BICHO É ESTE?

Você está caminhando pela rua em pleno verão. Um rapaz está na esquina com um carrinho repleto de abacaxis. Ele tem um abacaxi descascado e uma faca na mão, corta uma fatia e lhe oferece. Sem custo, grátis. Você aceita. Pronto o gatilho da amostra grátis foi ativado. Se você achou o abacaxi docinho e o preço bom, talvez volte para comprar alguns. O vendedor está abrindo mão de um pouco do seu produto para lhe demonstrar que ele é bom e que vale a pena você comprar. Esta tática é muito antiga, mas funciona tão bem que ainda hoje é utilizada e na era digital foi adaptada e a conhecemos como isca digital.

Esse é um dos pontos principais do marketing de conteúdo.

Mas afinal, para que as iscas digitais servem?
A isca digital te ajuda a criar uma lista de contatos com pessoas interessadas no seu produto/serviço que podem vir a comprar de você. Talvez você esteja se perguntando: “será que isso ainda funciona?”, “já baixei tanto ebook”, “participei de aulas gratuitas e não aprendi nada”.
Realmente, confesso que com a disseminação do marketing digital, muita gente banalizou uma estratégia tão eficiente, mas que ainda funciona muito se você fizer de forma íntegra, com valor e estratégia.

Como e porquê funciona
Primeiro devemos entender que a isca digital é algo já usado desde sempre. Antigamente conhecido como “amostra grátis”. De certa forma é a mesma coisa, mas por outro lado não. Explico. Dan Ariely, professor de psicologia e economia comportamental, fez experimentos onde pessoas ganhavam uma tatuagem grátis. Se formaram filas em frente ao estúdio de tatuagem. Mas o interessante vem agora. Ao perguntar para as pessoas se elas ficariam na fila se a tatuagem não fosse gratuita, a resposta foi NÃO. Ariely realizou muitas outras experiências, é claro, e chegou a conclusão do poder do gratuito para influenciar pessoas. Os seres humanos não vem desvantagem em algo gratuito. É o efeito do preço zero. Ariely defende em artigos e livros, que não tomamos decisões tão racionais como imaginamos. E a amostra grátis entra aí. Ou melhor, a isca digital. Na isca oferecemos algo sem custo, ou com o custo de apenas preencher um pequeno cadastro (essa é a diferença da amostra grátis) e recebemos algo de valor em troca. Você já foi fisgado por uma isca? Eu já. Várias vezes. Afinal é de graça. Ele faz parte de uma estratégia de venda? Sim. Mas ninguém é obrigado a comprar nada. Mas depois de receber algo de graça, ficamos inclinados e comprar se o produto for bom e realmente nos interessar. É o gatilho mental da gratidão. Se quiser saber mais sobre gatilhos mentais, clique aqui.

Mas no marketing digital é preciso haver consistência entre o que oferecemos de graça e o que vendemos. Assim como o vendedor de abacaxi. Se ele te oferece uma fatia doce e suculenta e as frutas que você comprar são secas e sem gosto, existe chance de você comprar novamente? Talvez você até vá reclamar com o vendedor se o vir de novo. No marketing digital temos que oferecer algo tão bom de graça, quanto o que a pessoa vai obter comprando. A diferença é que ela vai comprar algo mais completo, personalizado, com atendimento exclusivo, etc.
Resumindo, isca digital funciona muito bem se feito de forma correta e com ética. Se você tem um negócio digital pode atrair muitos leads com essa estratégia. Abaixo listamos algumas iscas e como utilizá-las. Continue a leitura e depois nos conte o que achou.

Vamos conhecer os tipos de Isca digital

  • Ebook – o ebook deve ter ilustrações atraentes e textos de fácil entendimento. Ele deve seguir o mesmo padrão de um livro físico, com capa, índice, desenvolvimento e conclusão. Não use letras enormes para preencher espaço. Use e abuse das cores, imagens e até links para deixar mais atrativo e prender a atenção. Inicie, desenvolva e finalize com um conteúdo de valor. Não use o ebook para uma propaganda do seu negócio, cite sua empresa, mas não venda. Imagine: a pessoa que ler o seu ebook vai terminar a leitura com um aprendizado, uma nova informação, algo que realmente seja relevante na vida dela e que possa ser utilizado de fato? Se a resposta for sim, seu ebook está pronto para ser utilizado como isca. Se a resposta for não, reescreva.

  • Vídeo-aula ou minicurso – escolha um assunto que você domine e precise de mais tempo para passar e grave uma vídeo-aula ou minicurso. Entregue um conteúdo do início ao fim, para que a pessoa que assiste consiga ter uma vitória e veja resultados com esse material. Essa é a grande sacada das iscas digitais, entregar algo tão bom que a pessoa tenha uma pequena vitória. Se a pessoa sentir que perdeu tempo assistindo sua aula, o conteúdo não está bom. Se dedique ao máximo para entregar uma aula ótima. O retorno sobre esse investimento costuma ser muito vantajoso.

  • Podcast – o podcast é um conteúdo em áudio entregue gravado, que a pessoa vai poder escutar quando e onde quiser. A escolha do conteúdo e a produção segue a mesma ideia dos outros tipos de isca. Você precisa fazer algo de valor, o que irá mudar é o formato. O podcast tem se popularizado e tem tido ótimos resultados, pois muitas vezes é mais fácil para as pessoas apenas escutarem um conteúdo, enquanto realizam outras tarefas. Invista em uma boa captação de som e capriche na voz. 

Mas qual utilizo em meu negócio?

Antes de chegar na decisão de qual formato usar, precisamos conhecer nossa persona e como ela gosta de consumir conteúdo. Caso você esteja muito no início e não tenha uma persona “tão refinada”, você pode lançar mais de um tipo de isca e fazer um teste para ver qual vai ter mais aceitação. Depois de rodar, você investe no que trouxe mais conversão, pois iscas digitais precisam ser renovadas de tempos em tempos.

Se você tem dúvidas em relação a sua persona, clique aqui e assista um vídeo que vai te ajudar.

Depois de definida a persona e o que ela busca, é hora de produzir um conteúdo focado nisso. Hoje usamos muito o termo recompensa rápida, ou vitória instantânea, de curto prazo. Independente do termo, o significado é: entregue um conteúdo que possa ser colocado em prática rapidamente e que já traga algum benefício.

O que preciso para distribuir minha isca digital?

É necessário uma página de captura, onde você vai colocar um cadastro: nome/email/whatsapp e o seguidor vai receber automaticamente o seu material. Aqui na Conteúdo Ativo usamos a lead lovers, que é muito fácil de utilizar e bem completa para sua empresa. Depois você precisa divulgar muito bem essa isca. Na hora de postar nas redes sociais, já precisa haver um conteúdo de valor. Essa estratégia é muito poderosa. Você estrega valor no post, onde tem um link para mais informações na isca e depois ainda tem o conteúdo pago. Você envolveu seu lead em muito conteúdo de valor, ele sente que realmente foi recompensado pelo tempo que investiu no seu conteúdo.
Dica final: não economize no conteúdo. Capriche que você terá ótimos resultados!

Até o próximo artigo.
Equipe C.A.